Relato de uma pessoa tímida

worried-girl-413690_1920

Falar ao telefone, tirar fotos, gravar vídeos, se apresentar em público e começar novas amizades são atividades normais do cotidiano. Porém essas pequenas ações são um verdadeiro desafio para os tímidos.

Esse é um tema delicado, o qual as pessoas que não convivem, podem não entender. Digo isso com propriedade porque, eu sou uma pessoa tímida. Ser tímido não é má vontade, não é frescura. É a personalidade de uma pessoa. Em alguns casos, pode até ser um problema de saúde.

Sou uma pessoa que além de timída, é ansiosa. Misturando isso com outras coisas, como o estresse, fui diagnosticada no ano passado com Ansiedade Social. Como o nome já diz, trata-se de uma ansiedade em se relacionar ou estar na presença de outras pessoas. Existem dois tipos de tratamento: remédio e consultas com psicólogo ou psiquiatra.

A minha situação foi a seguinte: comecei a ficar enjoada. Frequentemente. Eu tinha enjoo pra quase tudo seja pra ir ao shopping, entrar no ônibus e pior ainda, assistir as aulas na faculdade. Eu sentava no canto da sala, distante da porta. Chegou um momento em que eu ficava pensando: será que se eu tiver que vomitar agora, eu chego a tempo na porta para que ninguém veja?

Fato é: eu nunca vomitei. Era só algo psicológico que tive que aprender a controlar. Durante o resto do ano vivi a base de remédio pra ansiedade, pastilha pra enjoo, Halls e água. Agora eu mantenho só os dois últimos.

Alguns casos são piores como a pessoa não consegue se alimentar na frente de outras pessoas e tem outros tipos de reação. Tive a sorte de controlar isso no início, mas às vezes tenho medo de que volte.

Ser tímida não é uma coisa que me orgulha, na verdade me atrapalha um pouco. Já pensou em alguém que trabalha com comunicação ser tímido? Irônico né? Deve ser por isso que eu acabo escrevendo bem.  Pelo fato de temer a conversa com pessoas, acho que sou mais detalhista. Sem falar que estou sempre lendo alguma coisa.

Esse ano como coloquei nas minhas metas, prometi que mudaria essa situação. Não é uma coisa fácil e principalmente: não acontece do dia pra noite. Tenho começado a ligar para alguns entrevistados, fazer algumas coisas sozinha e acho que a melhor atitude: parei de ligar para o que as pessoas pensam de mim (ou estou parando).

Estou contando tudo isso aqui, coisa que eu geral não faço, para compartilhar o que passo com outras pessoas que possam viver algo semelhante. E inspirá-las a procurar o melhor para si mesmas. Acho que também é uma maneira de me incentivar.

Por isso se você é tímido, não tenha medo de admitir isso. Se você não é, se coloque no lugar do outro, pelo menos uma vez. Não adianta forçar alguém a fazer alguma coisa, com às vezes acontece. A família e os melhores amigos são os principais aliados. Por fim, não tenha medo de ser que você é, só não deixe o medo controlar você e te impedir de ser feliz.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Relato de uma pessoa tímida

  1. Eu sei como é difícil. Se eu pudesse, mudaria minha personalidade por completo.
    A timidez até agora só atrapalhou minha vida, e na minha opinião, não tem seu lado bom, como alguns sites que já procurei dizem.
    O ruim é que eu devo ter alguma fobia social. Não fui diagnosticado por não ter ido procurar ajuda profissional. Percebo que aos pouco vou melhorando… Mas o problema é que nem sempre acho isso. E o fato de eu às vezes achar que não vou melhorar me faz ter depressão. Não que seja depressão profunda, nunca tive isso, ainda bem. Mas mesmo assim é bem ruim.
    Tenho esperança que ainda vou mudar, e isso não vai mais me incomodar. Tempos melhores viram… Mas tudo depende de quanto eu quero que algo mude…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s