O País das Maravilhas fica em Curitiba

11828640_1101862319842113_3132366993341037165_n

“Quanto tempo dura o infinito? Ás vezes apenas um segundo”

Este ano a história de Alice no País das Maravilhas completa 150 anos e durante todo esse tempo muita incrível veio desse clássico. É praticamente impossível achar alguém que não tenha visto se quer o filme. E nem tem a desculpa “é um filme antigo, eu nem nascido era”, já que a Disney o transformou em live-action em 2010. Só de ver o trailer bate aquela saudade!

E é claro que nos não poderíamos deixar essa data passar em branco não é mesmo? Eu já pretendia fazer um post sobre a Alice, até que na ontem (3/03) estreiou aqui no Sesc da Esquina em Curitiba uma exposição de cair o queixo. Dá só uma olhada no porque:

 11826006_1101862586508753_2452619328264151965_n

“A única forma de chegar ao impossível, é acreditar que é possível.”

11825994_1101862476508764_8725450622832994897_n

Essa exposição também é uma homenagem aos 150 anos de Alice e estará a mostra até o dia 20 de dezembro. E o melhor: é gratuita

11800224_1101862223175456_2853739715788939621_n

Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então.

11800251_1101862239842121_5954043281647402806_n

Os desenhos foram feitos pela ilustradora Etti Pellizzari e pelo artista urbano Olho Wodzynski.

11822553_1101862123175466_5991180212128370525_n

11822752_1101862006508811_4777515580475008330_n

As ilustrações estão nas paredes da escada do prédio, mas o elevador não ficou de fora? Simplesmente incrível não?

11822509_1101861986508813_8494312624299977883_n

11831648_1101862469842098_4143489952486061812_n

Além de contar a história, o artista deu uma incrementada com seu talento, tanto que em alguns momentos a Alice aparece de cabelo azul. Quando o visitante chega ao corredor, começa a tocar músicas do filme

11836803_1101862346508777_8747203481765463700_n

11822650_1101862119842133_3692317311222709204_n

10982782_1101862206508791_8107935477255521570_n

Acho que nunca comentei aqui mas eu faço estágio no Senac, uma empresa irmã do Sesc, tanto que meu trabalho fica no prédio anexo a essa exposição. Fiquei maravilhada quando passei lá gente, sem dúvida uma das exposições mais lindas que eu já fui. Acho que essa arte deveria ficar lá para sempre. Porém já que isso não é possível podemos pelo menos ter a história em casa. Em comemoração aos 150 anos, as editoras tem relançado as edições. Essa é uma ótima oportunidade para ter um versão unica de Alice!

 

Essa coleção por exemplo trás a história em dois volumes lindíssimos por sinal. O conjunto está a venda nas Livrarias Cultura por R$ 69,oo 

 

 

 

A editora Zahar relaçou o livro com ilustrações maravilhosas, o livro está a venda por R$ 79,90

 

Se você ainda que ler mais sobre Alice recomendo um texto traduzido pela revista Galileu, onde se faz uma análise dos mistérios do conto que permanecem até hoje, para ler clique aqui

Espero que tenham gostado, até o próximo post!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s